Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

Ouviste Pati?

Uma coisa é a paciência como virtude humana, o sofrer estoicamente, o passar por, o aguentar, outra coisa é a paciência como virtude cristã, a tenacidade, o espírito de manter a serenidade, porque está ligado à confiança, a uma visão do mundo diferente. Caracteriza quem não absolutiza o momento presente e sobretudo não se deixa cegar pelas preocupações do futuro, mas consegue olhar para as coisas com um horizonte de esperança. Tem muito a ver com a sabedoria do tempo.

ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Pe. Vasco Pinto de Magalhães

"O Senhor está sempre na minha presença." XVI

"Fica, enquanto não fores, será sempre tempo de partires,
Por que queres tu que eu fique,
Porque é preciso,
Não é razão que me convença,
Se não quiseres ficar, vai-te embora, não te posso obrigar,
Não tenho forças que me levem daqui, deitaste-me um encanto,
Não deitei tal, não disse uma palavra, não te toquei,
Olhaste-me por dentro."

José Saramago, in "Memorial do Convento".
«A esperança, na minha opinião, é comparável com o ovo: com efeito, ela ainda não alcançou o objectivo e, do mesmo modo, o ovo já é algo mas ainda não é o pintainho».
Santo Agostinho (Sermão 105)
Cristo morreu de braços abertos, para que nós não vivamos de braços fechados. (Blaise Pascal, 1623-1662)
Quem veio bater à minha porta? Quem?
Quem me fez abrir a janela e a noite morta?

O caminho estava deserto e o seu silêncio tinha horas.
Vento? Esta noite tem a paz e o sossego da morte.
Só eu e as estrelas sentíamos a solidão fantástica…

Nos ouvidos e na ansiedade guardei o rumor que me chamou,
as minhas mãos tiveram a carícia doutras mãos perdidas,
e uma companhia invisível acendeu uma luz na minha alma…

Alguém terá pensado em mim, longe?

Alberto de Serpa

"O Senhor está sempre na minha presença." XV

Ouviste Pati?

Quando toda a natureza desabrocha, faz bem pensar no simbólico, que é esse animalzinho chamado caracol, só anda quando sai da casca. Se o medo do frio ou dos outros o encolhe lá dentro, parece morto, mas se o sol e o resto o estimulam e o fazem correr o risco, então começa a deslocar-se. Vai no seu ritmo, de mochila às costas e não precisa mais do que isso. Quem não arrisca, arranja e sonha com um grande refúgio em que se imagina em paz, mas está a deixar passar a vida ao lado...

ONDE HÁ CRISE HÁ ESPERANÇA,
Pe. Vasco Pinto de Magalhães, sj
Afirmam que a vida é breve. Engano - a vida é comprida: cabe nela amor eterno e ainda sobeja vida.

Fernando Pessoa